08.03.18

‘ORQUESTRA & CONVIDADOS’

AROLDO PEREIRA LEVA SUA POESIA AO PALCO DA FESTA DO PEQUI JUNTO DA ORQUESTRA SINFÔNICA DE MONTES CLAROS

Misturar poesia e música. Colocar em um mesmo palco a arte em forma de voz e corpo junto da delicadeza e melodia das composições instrumentais. Esta é a proposta da Orquestra Sinfônica de Montes Claros ao convidar o poeta norte-mineiro Aroldo Pereira para o espetáculo “Orquestra & Convidados”, dentro da Festa Nacional do Pequi.

Curador do maior salão de poesia do país, o Psiu Poético, e agitador das mais diversas expressões artísticas regionais, Aroldo é um daqueles personagens que encantam pela forma como defende o fazer cultural. Para a apresentação junto da Orquestra Sinfônica, o poema escolhido foi “Olhos Urbanos”, que faz parte de uma de suas obras, o Parangolivro.

“Todo intercâmbio é positivo. Esse mais ainda, porque amplia os olhares da nossa imensa, instigante e necessária diversidade. Venho desenvolvendo já há algum tempo a parceria poesia e música instrumental, de 2014 para cá, unindo minha produção poética com os dodecafônicos produzido pelo músico Samuel Pereira, que executa o didjeridu [instrumento de sopro]. Estou muito feliz com esse convite da Orquestra e desejo que se possa repetir”.

Para Aroldo Pereira, a proposta da Sinfônica para a Festa do Pequi faz engrandecer ainda mais a qualidade do projeto. “A Orquestra é um imenso bem da cultura de Montes Claros, do Gerais, das Minas e do nosso Brasil imenso. Amo a nossa Orquestra, e todas as vezes que posso prestigio as apresentações feitas por ela. Essa apresentação na grade da 27ª Festa Nacional do Pequi, é um belo dado novo. Será extremamente positivo compartilhar do palco com tantos amigos, parceiros e com essa Orquestra mágica”, finaliza.

A apresentação, um projeto apoiado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Sismic e Secretaria Municipal de Cultura de Montes Claros, acontece no domingo, dia 11 de março, na Praça da Matriz, às 10h.

 


Ricardo Guimarães
Jornalista – Algo Comunicação