20.12.17

MÚSICO WARLEY MASCARENHAS APRESENTA O MELHOR DO JAZZ E DA MÚSICA BRASILEIRA EM SHOWS ESPECIAIS EM MONTES CLAROS

Serão vários shows até o fim do ano, com vários artistas convidados; primeira apresentação será nesta quarta-feira (20)

 

O músico Warley Mascarenhas sobe ao palco para levar o melhor do jazz e da música brasileira em apresentações especiais até o fim do ano em Montes Claros. As apresentações, realizadas em vários espaços culturais da cidade, começam nesta quarta-feira (20), no Espaço Serrinha Parque (Bairro Morada do Parque) e seguem até o dia 27 de dezembro (confira abaixo a agenda completa).

Os shows, no formato power trio, serão apresentados por Warley na guitarra, Aloízio hHorta no  baixo e Xiló na bateria, e vão contar ainda com convidados especiais. "Abordaremos o repertório de jazz e música brasileira, passando pelo samba , baião e bossa. Nos dia 22 e 23 teremos a participação especial da cantora Valéria Castilho, e em todos os dias ao final do segundo set, abrirei o palco para participações especiais dos músicos da cidade; teremos boas surpresas, pois a festa é sempre garantida, sem hora determinada para acabar", destaca o músico.

De acordo com Warley, o repertório será diferente em cada dia. "Tocaremos algumas músicas minhas e passaremos por Milton Nascimento, Tom Jobim, Hermeto Pascoal, Charlie Parker, Wess Montgomery, Miles Davis, John Coltrane, dentre vários outros. Vai ser uma overdose de música boa e muita energia".

Agenda

Todas as apresentações acontecem a partir das 21h. Nesta quarta-feira (20) o espaço Serrinha Parque, localizado nos fundos do Parque Municipal Milton Prates (Bairro Morada do Parque) recebe o show. Confira as outras datas:

- Quinta-feira (21): Chaplin Studio Bar (Rua Euzébio Alves Sarmento, 581 - Jardim São Luiz)

- Sexta e sábado (dias 22 e 23): Casa 2 meia 2 (Rua Iraci de Oliveira Novais, 262 - Cândida Câmara)

- Dia 27: Quintal Avenida Rock Bar (Avenida Deputado Esteves Rodrigues)

 

O músico

Com 20 anos de carreira, Warley Mascarenhas sempre se influenciou pelos diversos gêneros da música de qualidade. Desde cedo passou a se dedicar ao estudo da música e foi ganhando notoriedade pelos projetos como um músico improvisador. A qualidade musical lhe deu a oportunidade de tocar e conviver com grandes músicos, como Beto Lopes, Toninho Horta, Juarez Moreira, dentre vários outros.

O músico é professor e ministra aulas para os diversos instrumentos, sendo recentemente convidado para ministrar aulas de música na UFMG. Para 2018 o objetivo é de gravar o CD autoral.

 
Ricardo Guimarães
Jornalista - Algo Comunicação Cultural